terça-feira, 4 de novembro de 2014

Erotismo cósmico e abordagem tântrica

Meu bom  amigo Ira (pronuncia-se Áira)  é chegado a uma travessura com gostosuras e, mais do que isso, adora um frase de efeito, ligeiramente épica, para justificar seu modo de vida;

- Pra mim, todo o dia é Halloween, com travessuras gostosas  e gostosuras travessas, dispara o pândego.

O jogo de palavras é de qualidade duvidosa e o  linguajar é um tanto enviesado, mas quem conhece a história pregressa desse nosso amigo sabe que as frases encerram grande dose de sabedoria e uma carga de experiências vividas de dar inveja a muito jovem metido a conquistador, ele que já é um senhor de meia idade e um pouco mais.

Outro dia ele saiu-se com uma que morri de inveja por não ter sido eu o criador.  Pressionado para que revelasse os detalhes de suas travessuras apelou para a falsa modéstia:

- Sou poeira cósmica no universo da safadeza.

Fiquei tão embasbacado com a tirada que saí a repetir mentalmente, esperando um dia poder usar a frase para impressionar alguém:  “Sou poeira cósmica no universo da safadeza, sou poeira cósmica no universo da safadeza, sou...”

Bem sei que não alcançarei o mesmo efeito, até porque o atilado Ira sempre tem um complemento e o faz com pompa e circunstância, de modo a arrasar a periferia.

- Senhores e senhoras, chamamos a isso de erotismo cósmico. Sabemos que é importante, mas temos dificuldade para dimensionar sua extensão e o quanto pode nos proporcionar de retribuição prazerosa, filosofa ele.

Ira se supera a cada dia, como no recado que mandou a uma amada, poético e erudito:

- Beijar é Química pura, minha Deusa.  É mistura homogênea de sais.  Eriça, tira um corpo da inércia. Aí já é Física, Deusa minha.

Me dá vontade de pedir bis, mas me contenho, porque em seguida ele começou a explanar sobre um novo tema, que prendeu a atenção de todos nós,  seus  invejosos fãs:

- A primeira vez que usei a abordagem tântrica...

Neste ponto só posso lhes dizer o seguinte:  reina grande expectativa.  O homem é fera, bom de verbo e atitude! Voltaremos.