terça-feira, 17 de junho de 2014

O chapéu do Belo



Como já revelei em  postagem anterior a Copa em Porto Alegre tem propiciado histórias de interatividade entre nativos e visitantes impensáveis em outros tempos.  A última que me contaram – e como eles gostam de me fazer porta-voz dessas historias, nem sei porque – é a de um companheiro que se apaixonou perdidamente por uma bailarina que faz figuração no show do cantor Belo.

Não conheci a moça mas quem a viu descreveu tratar-se de um monumento em forma de mulher:  morenaça, cerca de 1m80, contrastando com nosso amigo que faz o tipo baixote;  dotada de um capilício de fazer inveja a Bruna Marquezine e ainda adornado por uma cintura fina. Além disso,  dona de um sorriso eroticamente convidativo.

Nosso amigo é baixote, mas atrevido e lá se foi ele sentar ao lado da deusa de ébano, no backstage da FanFest, a beira do Guaíba.  E tinha um amuleto poderoso:  um chapéu estilo Fedora, de couro legitimo, adquirido nas boas casas do ramo de Buenos Aires e que logo atraiu a atenção da moça.

- Que belo chapéu ! admirou-se, abrindo um sorriso com 32 dentes imaculadamente brancos e, como dissemos, eroticamente convidativo.

Estabeleceu-se então um diálogo que convenientemente não vamos reproduzir porque de um lado a moça insistia em ganhar o chapéu, enquanto o baixinho insinuava que queria algo em troca e não necessariamente seria dinheiro.

- Está bem,  rendeu-se ela, vou te proporcionar algo diferente.

O baixinho ficou todo assanhado, mas qual não foi a sua surpresa, o diferente era leva-lo a conhecer o cantor Belo. Pior, o artista também se apaixonou, só que pelo chapéu agora elevado a categoria de fetiche.
Belo garantiu que pagaria o que fosse para ficar com o Fedora, enquanto o baixinho perguntava o que levaria em troca, enquanto olhava lascivamente para a morenaça.

Resumo da ópera:  Belo ficou com o chapéu o nosso amigo ficou sem a dançarina.


Mas o baixinho é perseverante e já esta de viagem marcada para Buenos Aires, onde vai adquirir uma coleção de chapéus.  Depois vai percorrer o Brasil atrás dos shows do Belo, na verdade, atrás de uma morena calipigiana e de sorriso eroticamente convidativo. Vai que...