domingo, 21 de dezembro de 2014

Homem Rodado ou Homem Passado?

Amigos e amigas de boa índole – sim, eu os tenho – estão indignados com um assunto que vem bombando nas redes sociais: a Mulher Rodada, sinônimo de parceira que já praticou muito e com muitos. Existem até métricas para determinar se a mulher é rodada ou não, o que enfurece o naipe feminino e constrange o masculino.

O tema ganhou tal proporção que chegou à grande mídia, tanto assim que a colunista Mariliz Pereira Jorge, da Folha de São Paulo, decidiu dar o troco e publicou um texto debochado, com vários questionamentos que definiriam a verdadeira Mulher Rodada.( www.folha.uol.com.br/colunas/marilizpereirajorge/2014/12/1564090-voce-e-uma-mulher-rodada.)

Como sempre, o assunto chegou à mesa ao lado, conforme relatei em A Festa da Firma na Mesa ao Lado, num encontro recente de predominância feminina. No matraquear das moçoilas,  ouvi coisas do arco, mas o episódio acabou tendo seu lado positivo, até por aí. É que um dos meus atentos leitores, que pediu anonimato, enviou-me uma série de questões para contrapor às relacionadas pela colunista da Folha, questões que comporiam o Homem Rodado.  Sem entrar no mérito de tais questões, recomendo às moças e senhoras que fiquem longe do tipo que responder afirmativamente a maioria dos itens. Trata-se de um elemento potencialmente perigoso, para dizer o mínimo

Confere ai as questões desse Homem Rodado, com viés porto-alegrense:

É reconhecido pelos garçons da Tia Carmem ou do Gruta Azul?
Frequentou a Marli e/ ou a Mônica?
E os motéis Vison,  Vip Paradise e da Ilha?
Teve caso com socialite que paquerou no Encouraçado Butikim?
Ainda usa o termo paquera?
Tentou transar no primeiro encontro?
Conseguiu transar no primeiro encontro?
Já transou com uma namorada em Paris ?
Conquistou namorada em Londres, Barcelona, Praga?
E em Buenos Aires? Em Montevidéu? Em Machu Picchu?
Já transou num Fuca?
Numa Brasília?
Numa SUV?
Já transou na praia, na casinha do salva-vidas?
E no parador do Morro Santa Teresa?
Dentro de um cinema?
Na escadaria do edifício dela?
Na cama dos pais dela?
Com a secretária, na hora do almoço?
Garante que adora sushi e keep cooler só pra conquistar uma nova parceira?
Já deu em cima da mulher/namorada do melhor amigo?
Deu em cima e levou pra cama a mulher/namorada do melhor amigo?
Transou com uma ex-miss?
Participou de pelo menos uma ménage?
É PA de algumas amigas?

O sujeito que fez a listagem adicionou um ranking, considerando à grosso modo um ponto para cada resposta positiva. Quem gabaritar é Homem Rodado Premium, como se fosse um pneu careca ou a broca da Petrobrás no pré-sal. Se bem que alguns questionamentos indicam que vai estar mais para passado do que para rodado.


Verificando mais detidamente a listagem quase me deprimi ao constatar o quanto respondi de nãos.  Cheguei a conclusão que sou um Homem Rodado Só Que Não, um autentico representante dos despossuídos de rodagem e quase um Homem Passado.